Últimas Publicações / Camisa de Nelinho, do Galo Mineiro, de 1985, no acervo do Museu Esportivo de Maringá

No amistoso realizado no WD, o craque fez um dos gols. O amigo do Museu Esportivo, Isac Silvestre, que já havia doado ao MEM uma camisa do Avai, de Santa Catarina, clube que ele defendeu em 1993, fez nova doação. Desta vez a camisa número 2, do Clube Atlético Mineiro, usada pelo lateral-direito Nelinho por ocasião do amistoso realizado no estádio Willie Davids, em Maringá, dia 29 de maio de 1985, contra o Grêmio de Esportes Maringá.

O Galo Mineiro venceu o Galo do Norte por 2 a 0, gols de Marcus Vinicius, aos 41 minutos do primeiro tempo, e de Nelinho, aos 18 do segundo, diante de um público de 7.708 pagantes. O Grêmio jogou com Robson (Maurílio), Alves, Demir, Jorge Lima e Hélio; Luís Gustavo, Reginaldo e Mateus (Garça); Luís Sílvio (Beto), Paulinho Kiss e Carlos Henrique. Técnico: Jair Bala. O Atlético venceu com este time: João Leite (Pereira), Nelinho, Oliveira, João Pedro e Jorge Valença (João Luís); Elzo, Everton e Paulo Isidoro; Sérgio Araújo (Batista), Marcus Vinícius (Murilo) e Edvaldo (Helinho). Técnico: Procópio Cardoso.

Isac, lateral-direito, que era da categoria júnior, ficou no banco do Grêmio Maringá e não entrou no amistoso, mas conseguiu a camisa do seu grande ídolo, que disputou as Copas do Mundo de 1974 e 1982. Nelinho também atuou com destaque no Cruzeiro e no Grêmio Portoalegrense. No dia 26 de julho de 2020, ele completa 70 anos.

O maringaense Isac tem poucas lembranças daquela partida: “Eu me lembro pouca coisa deste jogo. Lembro que o Olivera, uruguaio, zagueiro do Atlético, foi expulso porque saiu correndo atrás do Luís Silvio pra bater. Não sei o que o Luís falou pra ele ficar tão bravo. No fim, o Demir foi expulso também e o Luís Silvio foi substituído”.

Agradecemos o Isac pela peça confeccionada pela Penalty com o patrocínio da Coca-Cola que um dos maiores laterais da história do futebol brasileiro vestiu e que agora é parte do acervo do Museu Esportivo de Maringá.

#museuesportivodemaringa #amigosdomuseuesportivo

Galeria de Fotos

Comentários

Seja o primeiro a comentar.

Enviar Comentário


Outras Publicações

Futebol na 6ª FLIM - Festa Literária Internacional de Maringá

No dia 8 de novembro de 2019, durante a 6ª Flim - Festa Literária Internacional de Maringá, o diretor do Museu Esportivo de Maringá, Antonio Roberto de Paula, e o membro da Academia de Letras de Maringá, Tiago Valenciano, convidaram o secretário municipal de Cultura, Miguel Fernando, para participar de um bate-papo sobre futebol e literatura no estande da ALM. O encontro foi transmitido ao vivo no grupo do Facebook "Amigos do Museu Esportivo".

Jornalista de Apucarana, Raul César dos Reis, no MEM

Na visita que o jornalista de Apucarana, Raul César dos Reis, e sua família fizeram ao Museu Esportivo de Maringá, ele fez a doação de um exemplar do livro "Interior bom de bola", de Padilha Alonso, e da primeira edição da revista do Roma Esporte de Apucarana, de abril de 2002. Raul, que trabalha no jornal Tribuna do Norte, é um apaixonado pesquisador, em especial do futebol de Apucarana e do interior do Paraná. Agradece

Museu Esportivo de Maringá na Fan Fest do MFC

O Museu Esportivo de Maringá participou da Fan Fest do Maringá Futebol Clube realizada no dia 20 de janeiro de 2019, no pátio do estádio Willie Davids. Nesse dia, o MFC estreou no Campeonato Paranaense empatando com o Rio Branco, de Paranaguá, em 1 a 1. O MFC colocou à disposição do diretor do MEM, uma tenda exclusiva para a exposição de camisas antigas de clubes profissionais e amadores de Maringá e fotos hist&oacut

Picolé visita o Museu Esportivo de Maringá

O ex-jogador Picolé esteve no Museu Esportivo de Maringá no dia 13 de julho de 2018. Morando atualmente em Curitiba e trabalhando como observador técnico do Clube Atlético Paranaense, Picolé veio a Maringá e em cidades da região para cumprir compromissos profissionais. Na cidade, ele se encontrou com Sebastião Braz Palma, o Tião Rivelino, seu amigo desde os tempos em que atuou no Grêmio de Esportes Maringá, em 1984. T

“Quilômetros de papel e rios de tinta imprimem o futebol ao longo dos anos, atravessando gerações. Na era digital, as Imagens avançam pelos céus, rompem todas as fronteiras. As vozes do amor ao futebol ecoam pelo grande campo que é o mundo. Agora, em algum lugar, alguém chuta uma bola. A paixão mais documentada da história não para. O jogo nunca termina.”

(Antonio Roberto de Paula)

 Rua Pioneiro Domingos Salgueiro, 1415- sobreloja

 (44) 3029-9674

Museu Esportivo © 2016 Todos os diretos reservados

Logo Ingá Digital