Últimas Publicações / Jaiminho marcou os três gols na vitória do Grêmio Maringá no Clássico do Café de 1986.

Jaiminho marcou os três gols na vitória do Grêmio Maringá no Clássico do Café de 1986.

De acordo com o almanaque 'A História do Futebol Profissional de Maringá', escrito pelos amigos Ortilio Carlos Vieiria (Tilinho) e Reginaldo Lima, o jogo Grêmio 3 x 1 Londrina, três gols do Jaiminho, no Willie Davids, dia 2 de março de 1986, o técnico do Galo era Nicanor de Carvalho, que escalou os seguintes jogadores: Robson, Macalé, Zequinha, Waner e Hélio: Miguel, Jaiminho, Vanderlei (Biro Biro) e Reginaldo (Luis Silvio); Marinho Rã e Carlos Henrique. Naquele domingo, o WD recebeu 15 mil torcedores. Depois, no dia 5, todo mundo empolgado, jogo novamente no WD, contra o Pinheiros. Tomamos uma sapecada de 4 a 1 diante de 8 mil pagantes. Nosso amigo do Museu Esportivo, Marinho Rã, estava nos dois jogos. Jaime aparecido Alves, o Jaiminho, tem 60 anos, ele foi revelado pelo São Paulo, tendo iniciado a carreira em 1978 e encerrado em 19994 no Grupo Desportivo Mangualde, clube de Portugal. No Grêmio Maringá, ele ficou apenas em 1986.

(O crédito da foto recente é do site Terceiro Tempo)

Galeria de Fotos

Comentários

Seja o primeiro a comentar.

Enviar Comentário


Outras Publicações

Irmãos maringaenses no futsal italiano

A equipe do Giorgione, recentemente, foi campeã da Copa Itália de Futsal, comandada pelo maringaense Robson Angelo Marani, nosso amigo do Museu Esportivo, há muitos anos radicado naquele país. O time tem os irmãos maringaenses Guilherme Becegato de Mello e Felipe Becegato de Mello, filhos do amigo Ney Mello, que era bom de bola, tendo jogado em várias equipes amadores de Maringá. NEY esteve no Museu Esportivo trazendo relíquias doad

MEM no Almanaque Viapar

Museu Esportivo de Maringá em reportagem no Almanaque Viapar, edição de julho, agosto e setembro. Agradecimentos à Viapar pela divulgação e pelo apoio cultural ao MEM desde o início do nosso projeto de resgate da memória esportiva de Maringá, do Paraná e do país.

Diretor do MEM, Antonio Roberto de Paula, na ACIM

O diretor do Museu Esportivo, Antonio Roberto de Paula, esteve ontem (22) na ACIM falando sobre o MEM durante reunião do Conselho de Administração da entidade. "Agradeço o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Maringá, Michel Felipe Soares, o vice-presidente para assuntos de esportes Paulo Lima, os diretores e conselheiros pela oportunidade de falar sobre o nosso projeto de resgate e preservação da histór

Maracanã 70 anos

Amigo do Museu Esportivo de Maringá, Nielsen Elias, fala do Maracanã, onde ele atuou tantas vezes:
"Velho Maracanã, hoje completa 70 anos. Maracanã, peço desculpa! Pois acabaram com a sua história. Você tinha a alma, o cheiro e o choro do goleiro Barbosa, que em 1950, com a seleção brasileira, ficou marcado para sempre na história. Tive a sorte de pisar no seu gramado, que sempre foi mal tratado e marcado pela ca

“Quilômetros de papel e rios de tinta imprimem o futebol ao longo dos anos, atravessando gerações. Na era digital, as Imagens avançam pelos céus, rompem todas as fronteiras. As vozes do amor ao futebol ecoam pelo grande campo que é o mundo. Agora, em algum lugar, alguém chuta uma bola. A paixão mais documentada da história não para. O jogo nunca termina.”

(Antonio Roberto de Paula)

 Rua Pioneiro Domingos Salgueiro, 1415- sobreloja - Maringá - Paraná - Brasil

 (44) 99156-1957

Museu Esportivo © 2016 Todos os diretos reservados

Logo Ingá Digital