Últimas Publicações / Ary Bueno de Godoy

Ary Bueno de Godoy faleceu no dia 15 de julho de 2016, aos 74 anos.

15 de julho de 2016 - O amigo Ary Bueno de Godoy, centroavante rompedor do futebol de campo e do futebol de salão, goleador, da Maringá dos anos 50 e 60, acaba de falecer. Voz marcante do rádio e da TV, cronista esportivo, corinthiano fanático e intimamente ligado à história do Grêmio Esportivo Maringá e do futebol profissional da cidade. Ary vinha sofrendo há mais de um ano, Agora, descanse em paz, ABG. Deus dê conforto à família. (Antonio Roberto de Paula)

Acesse no Youtube o documentário “Histórias que a bola pesada contou”, do diretor Antonio Roberto de Paula, documentário produzido em 2011 e lançado em 2012 sobre a história de 50 anos do futsal de Maringá. Ary Bueno de Godoy é um dos entrevistados.

15 de julho de 2016 – site www.annoticias.com.br, de Apucarana-PR. Faleceu em Maringá, o radialista Ary Bueno de Godoy. Ele integrava, já há muitos anos, a equipe do Sistema Pinga Fogo de Rádio, em especial as equipes da Rádio Nova Ingá, e de Televisão, programa 'Pinga Fogo na TV', apresentado na Rede Bandeirantes.  Ary vinha lutando contra um câncer, mas infelizmente o corpo foi vencido pelo avanço da doença que o levou a óbito neste dia 15 de Julho, de 2016.  Em nota, a família Pinga Fogo, amigos de trabalho, e a direção das Rádios: Nova Era (Vale do Ivaí) e Nova AM, de Apucarana, enviaram votos de profundo pesar a toda família. 

15 de julho de 2016 – www.angelorigon.com.br - Morreu por volta das 15h desta sexta-feira o radialista e ex-vereador Ary Bueno de Godoy, 74, um dos nomes mais conhecidos da comunicação maringaense. Ele estava hospitalizado havia alguns dias. Há exatamente um ano ele recebeu o diagnóstico de câncer no fígado. O corpo será velado na sala 7 da Capela do Prever da Zona 2.

15 de julho de 2016. www.blogdobalako.com.br - Morreu nesta tarde no hospital Santa Rita aos 74 anos, o repórter Ari Bueno de Godoy que trabalhou muito anos com a equipe Pinga Fogo de Comunicação. Ary estava lutando contra um câncer no fígado há alguns anos, bastante debilitado foi internado em estado grave no hospital na semana passada. Ary teve uma vida profissional sempre ligada a comunicação, trabalhou na TV Cultura (Globo), TV Tibagi, Rádio Cultura de Maringá e Rádio Nova Ingá, e foi vereador pelo PMDB na legislatura de 1983 a 1988, quando obteve 1222 votos.

15 de julho de 2016 - Nos deixa hoje o amigo e companheiro de rádio Ary Bueno de Godoy. Cala-se a voz que aprendi a admirar desde os meus tempos de criança, quando ele apresentava o Super Show ABG na Rádio Cultura de Maringá. Foi justamente nos corredores da Cultura, na Herval com XV de Novembro, em meados dos anos 70 que conheci o Ary. Lá se vão 40 anos desde o dia em que me deu uma entrevista sobre rádio para o curso de Redação do Colégio Gastão Vidigal. A paixão me levou ao rádio e a uma convivência com ABG nos campos de futebol por este Brasil afora onde por inúmeras vezes estivemos lado a lado nas transmissões. Fora do microfone solidificou-se ao longo dos anos uma grande amizade que revela-se mais forte ainda neste dia. Perco um irmão. Fica neste momento de dor esta imagem relativamente recente que expressa a alegria interminável do Ary, num desses encontros que tínhamos, ao lado do Cláudio Viola. Descanse em paz ABG! Foi guerreiro até o fim. (Carlinhos Martins)

15 de julho de 2016 - Conheci o ABG nos tempos de TV Tibagi, em Apucarana. Ele também integrava o timaço de O Bom Da Notícia, ao lado de Fiori Luis, Darcy Machado, Nelson Balthazar, Tonia Maria, Marta Maria, Pedro Afonso Scucuglia, Délio César, Vagner Wagner Moretti, J. F. Campoy, Chico Amaro & Cia. Grande amigo e corinthianaço. Descanse em paz. (Carlos Pedroso)

2016 - Num dos últimos jogos do Grêmio na Taça Paraná, sugeri ao Zinho que pedisse ao árbitro para fazer um minuto de silêncio em memória do Ary Bueno de Godoy, que tinha falecido por aqueles dias. Houve o minuto de silêncio, apesar do serviço de som não identificar em memória de quem. O Ary trabalhou muito tempo no rádio maringaense, divulgando o esporte. (Jessé Vidigal)

2018 - Velho e querido amigo ABG. Fomos companheiros de reportagem esportiva à beira do gramado no Willie David, no longínquo ano de 1978, quando o Grêmio de Maringá disputava o Campeonato Nacional. Num desses jogos, ele comentou comigo: olha o Pinga Fogo chupando picolé de chocolate a beira do gramado. É que o Pinga Fogo, jovem é magrinho naquela época, repórter esportivo da Rádio Guairacá de Mandaguari, portava um microfone, cuja capa era longa e marrom. (Paulo Roberto Crestani)

2018 - Ary Bueno de Godoy, excelente amigo, repórter radiofônico, narrador e, antes de tudo Perigoso centro avante, apelido herdado dos tempos que fazia, sim, seus gols nos campos da nossa velha Maringá! Ou jovem Maringá, se preferirem!

Saudades!!! (Ronaldo Augusto Borba, Borba Filho)

2019 – ABG, uma referência Esportiva para toda a Família. Quando tínhamos jogos duros em Cianorte sempre nos reforçava e com sua generosidade quando de jogos importantes em Maringá me convidava para reforçar o time em que estivesse defendendo. Saudades deste tempos que convivi com o Ary Bueno de Godoy, Ferrari Junior, Latito, Zé Augusto, Custódio, Martinzão, Roderlei e tantos outros.

Bons carnavais também. Grande abraço a todos. (Ataide Godoy)

2019 - Quando trabalhava na Globo, o Ary apresentava o jornal do meio-dia, a regra global era terno (como o Boner). Um dia de calor ele apresentou o jornal de terno e calção. Como ficava sentado não aparecia a parte de baixo. (Anselmo Conteçotto)

Legenda foto – 1961 - Foto do arquivo pessoal do João Paulo, jogador de futebol e de futsal de Maringá nas décadas de 50, 60 e 70. Ele está agachado e o saudoso Ary Bueno de Godoy em pé. O ano é 1961 quando eles eram soldados do Exército Brasileiro servindo na 2ª Divisão de Levantamento, em Ponta Grossa.

Legenda foto – 1961 - Corrida do Facho, em Curitiba, em 1961. O primeiro, da esquerda para a direita é Ary Bueno de Godoy. Atrás dele o também maringaense e jogador de bola, João Paulo. Foto do arquivo do João Paulo, um dos primeiros jogadores de futsal de Maringá, assim como o ABG. Os dois eram soldados do Exército Brasileiro ser vindo na 2ª Divisão de Levantamento, Quartel de ponta Grossa-PR.

Legenda foto -1961 - Time da 2ª Divisão de Levantamento do Exército Brasileiro, de Ponta Grossa. O terceiro agachado é o pioneiro maringaense Ary Bueno de Godoy, radialista que faleceu na última sexta-feira (15). A foto é do arquivo de João Paulo, que serviu com ABG e fazia parte do time.

Recorte de jornal – Acervo JC Cecílio, publicado por Angelo Rigon – Outubro de 1963. No extinto O Jornal de Maringá, anúncio da Rádio Cultura para duas transmissões esportivas, uma de Santa Mariana, quando o Campeonato Paranaense de Futebol era dividido em séries (Zona Sul, Norte Velho e Zona Norte Novo), e outra de Londrina, partida entre o Londrina Futebol e Regatas e o Corinthians. Otacílio Tatta Cabral fez pista numa e Ary Bueno de Godoy narrou em outra. Mais um registro do acervo de JC Cecílio. O Grêmio Esportivo Maringá venceu a Zona Norte Novo e o Estadual.

Legenda foto – 1969 - Uma verdadeira relíquia - Dia 22 de janeiro de 1969, o time do Escrete do Rádio, da Rádio Bandeirantes de São Paulo comandada por Fiori Gigliotti e Mauro Pinheiro, jogou em Maringá contra uma equipe da cidade formada por jogadores profissionais do Grêmio Esportivo Maringá, ex-jogadores e atletas amadores. A foto do time maringaense é do arquivo do esquerdinha, o moço que tinha uma canhota que era um canhão e que participou daquela peleja. A escalação: Nilo, Gelf, Haroldo, Jangada, Célio, Argeu, Martins, Melado e João Vercesi; Clóvis Ary Bueno de Godoy, Garoto, Luiz Roberto, Zuring, Esquerdinha e Aurélio Incerti.

Legenda foto – 1974 - Cobertura de jogo de futsal da Soesma. Equipe de Ouro da Rádio Cultura de Maringá: Ferrari Júnior, Renato Taylor Negrinho, Ary Bueno de Godoy e Nelson Kavata. Todos já faleceram.

Legenda foto - Edição do jornal O Diário do Norte do Paraná do dia 20 de agosto de 1974: Moracy Jacques,  Ary Bueno de Godoy e Nelson Jaca Pupin.

Legenda foto - 1975 - Dois personagens da história do futebol maringaense.Foto de 1975 enviada pelo amigo do Museu Esportivo, Gabriel Kara Neto: Levi Barroso, jogador do Grêmio de Esportes Maringá, prata da casa, é entrevistado por Ary Bueno de Godoty, o ABG, da rádio Cultura de Maringá, a Emissora do Leão. Levi faleceu em 2018, aos 65 anos. ABG faleceu em 2016, aos 74 anos.

1977 - Recorte do jornal O Diário do Norte do Paraná, 1977. ABG, na época, era apresentador da TV Cultura (afiliada da Globo em Maringá) e repórter esportivo.

Legenda foto - Década de 70 -  ABG e Ferrari Júnior.

Legenda foto – 1977 - Time da imprensa de Maringá. Foto publicada hoje pelo grande Jorge Fregadolli na Coluna Vitrine Imobiliária, no O Diário do Norte do Paraná. 'Seleção da Imprensa de Maringá', 1977. Em pé: Jorge Fregadolli, Popinho, Samy, Renato, Francês, Ary Bueno de Godoi, Passarinho, João Sadowski. Agachados: Valdir, Tenório, Foguinho, Armando, Serginho e Jurandir.

Legenda foto - Década de 1980 - Time da Rádio Cultura de Maringá, a Emissora do Leão, a pioneira da Cidade Canção, que já não existe mais: Fernando, Ferrari Jr, Hamilton, Augusto, Jacozinho, Norberto, Ary Bueno de Godoi, Pequeno, Oscar e Líbano Duarte.

Legenda foto 1981 – Equipe do Grêmio de Esportes Maringá. ABG entrevista o lateral direito Lazinho.

Legenda foto – Década de 80 - Time Constelação. Foto enviada pelo amigo do Museu Esportivo, Aldi César Mertz. Ele manda as informações. EM PÉ: Aldi, Didi (Grêmio - Campeão 77), Vagner ( Grêmio - Campeão 77 ), Gervásio (Operário Campo Grande MT), Mauro Pastor ( Juniores Galo ) , Marco Aurélio ( Flamengo ), Emilson ( Grêmio ), Martinzinho (Mandacaru ), Cibalena ( Cianorte ), Roderley (Grêmio - Campeão 63/64 ) e Bossolan ( Fazenda Diamante- contundido ).
AGACHADOS : Mauricio ( Grêmio - Campeão 6e/64 - contundido ), Garotinho?, Carlinhos (Empresário futebol ) , Israel ( Grêmio - Campeão 77 ), Ary Bueno de Godoy ( Radialista ), Pelezinho ( Operário ), Jerry (Lagomar ), Neguinho ( Grêmio )e Avilmar ( Associação Bamerindus )

Legenda foto 1986 - Time da imprensa de Maringá. Enviada pelo nosso amigo do Museu Esportivo, Carlinhos Martins, que também está na foto e nos envia a escalação: goleiro, Milton Ravagnani, Carlinhos Martins, Antonio Carlos Toledo, Ary Bueno de Godoy, Germano Filho, Frevo, Luizinho e Valdir Carniel. O distintivo do uniforme lembra uma daquelas carinhas do WhatsAp.

Legenda foto - 1986 – Arquivo de Carlinhos Martins. Equipe da Rádio Difusora de Maringá: Paulo Leão (jogador campeão paulista pelo Palmeiras, em 1963, e técnico), Carlinhos Martins, Waldir Pinheiro (falecido), Ary Bueno de Godoy, Divanir Braz Palma, Zé Maria e Paulo Mantovani.

Legenda foto -1987 – Arquivo de Carlinhos Martins. Clube Olímpico de Maringá na entrega do prêmio aos melhores do ano: Jancarlos, Ary Bueno de Godoy, Fiori Gigliotti e Antonio Miguel (Formigão); Manoel Orlando e Cláudio Viola.

Jorge Júnior: “Nesse ano, 1987, fomos transmitir pela Rádio Difusora o jogo Vasco x Cerro Porteno, em São Carlos do Ivaí, pela Copa Paraná de Juniores. Eu era repórter ao lado do Carlos Martins, Formigão, Viola e Ary. Na volta me deixaram em Floraí, onde eu jogava futebol amador e namorava minha esposa Rose. O Ary desceu do 'opalão' do Carlinhos e deu um berro enorme..... 'Rose.... cadê você... o Rose.....'. Já era mais de meia noite... numa sexta-feira... a cidade interia ouviu o grito do Ary.... acordou toda a vizinhança... passei a maior vergonha... a Vó da Rose acordou e queria saber o que estava acontecendo!!! Formigão, Carlinhos, Viola cairam na risada!!!!! Foi muito engraçado!!!!”

1991 – Recorte do Jornal do Povo, de Maringá, edição do dia 25 de dezembro.
Saudosos radialistas Antonio Paulo Pucca e Ary Bueno de Godoy, 25 de dezembro de 1991.

Legenda foto 1991 - Equipe de Ouro da Rádio Cultura de Maringá. Esta turma do esporte é da emissora do Leão, a pioneira de Maringá que hoje é só saudade. Foto do arquivo do nosso amigo do Museu Esportivo, Carlinhos Martins. Ary Bueno de Godoy, Carlinhos Martins, Tatá Cabral, Jorge Júnior e JB Mariano.

Jorge Júnior: “Foi aqui a minha escola e meus professores! Tenho o maior orgulho de falar e escrever dos que foram meus ídolos na imprensa esportiva. Carlos Martins, o melhor narrador e apresentador que conheci. Carlinhos foi apresentador do Globo Esporte na TV Cultura de Maringá. Ary Bueno de Godoy, então... o paizão de todos nós!!! Tatá Cabral, que me ensinou muito no microfone e no Jornal do Povo. Essa foto foi no escritório do Verdelírio Barbosa, no Jornal do Povo. E o JB Mariano que era o poderoso chefão!!! Equipe de Ouro - Super Cultura Maringá! 90% de audiência no esporte!!! Quando vou a Maringá e liga na Cultura, sinto uma tristeza de saber o que foi a emissora no futebol!!! Hoje apenas as melhores lembranças que só o 'Tunicão' (perdão Antonio Roberto, não resisti!!!! kkkk Grande amigo... muito obrigado!!!”

Legenda – foto – 1993 - Com o Ary Bueno de Godoy em 1993, no Jornal do Povo, na sala do redator-chefe Tatá Cabral. Eu era o redator de esporte e o ABG, que trabalhava na Rádio Cultura, tinha uma coluna no jornal. Repare que tem um recorte de jornal no vidro, está escrito: 'Sonha Corinthians o sonho de campeão'. Ary faleceu, deixando entristecida uma legião de amigos. (Antonio Roberto de Paula)

Legenda foto – 2011 - Ary Bueno de Godoy, o ABG, figura histórica da imprensa de Maringá. Todo mundo me dizia que o Ary ficava bravo se fosse chamado de 'Perigoso'. Em 2011, numa entrevista para o documentário dos 50 anos do futebol de salão de Maringá, criei coragem e perguntei do 'Perigoso'. Ele deu uma gargalhada e disse que era uma brincadeira que fizeram com ele, mas que levava de boa, que só ficava perigoso quando o seu Corinthians era derrotado. ABG foi meu amigo e da minha família. Na época de ouro do futebol profissional de Maringá, ele esteve presente empunhando a 'latinha' nas reportagens. Com certeza, ele ia gostar de ver o Museu Esportivo. Tirei esta foto do Ary na rádio Nova Ingá, seu último emprego. (Antonio Roberto de Paula)

Legenda jornal – 15 de julho de 2016 - Além de registrar no site BemDito a morte do radialista Ary Bueno de Godoy, o colunista umuaramense Italo Fabio Casciola fez o mesmo em sua página do jornal Umuarama ilustrado, edição deste sábado. “Adeus, Abegê, a voz de trovão do rádio esportivo!” é o título da homenagem, que ocupa metade da coluna, um reconhecimento à importância e ao talento de Ary. (Angelo Rigon)

Legenda – Lei Municipal 11.216 - Ary Bueno de Godoy homenageado. Projeto de lei do vereador William Gentil, sancionado pelo prefeito Ulisses Maia em 13 de janeiro de 2021, denomina UBS – Unidade Básica de Saúde, da avenida das Torres, do Jardim Paris, de Ary Bueno de Godoy.

 

 

Comentários

Seja o primeiro a comentar.

Enviar Comentário


Outras Publicações

Robson Marani, técnico de futsal na Itália, faz doações de peças esportivas ao Museu Esportivo de Maringá

O amigo do MEM, maringaense Robson Angelo Marani, técnico de futsal na Itália e que foi craque do futsal paranaense, doou ao Museu Esportivo de Maringá um antigo agasalho da Confederação Brasileira de Futebol de Salão e cachecóis do Barcelona, de 2013, quando o clube foi campeão da Liga dos Campeões de Futsal da UEFA, e da seleção de futsal dos Estados Unidos.

O agasalho doado por Robson é de 1986, q

Hélio Pires fala da sua passagem pelo Grêmio Maringá em 1975, quando ganhou da torcida guerreira o troféu de melhor jogador do clube

João Hélio Pereira Pires, nascido no dia 22 de março de 1947, em Taquara, Rio Grande do Sul, iniciou a carreira na equipe juvenil do Grêmio de Porto Alegre, em 1965, onde se profissionalizou e permaneceu até 1969. Conhecido no futebol como Hélio Pires, o atacante se transferiu em 1970 para o Coritiba e, depois de ser tricampeão paranaense e campeão do Torneio do Povo, sendo o artilheiro, foi jogar, em 1973, na Portuguesa de Desportos e Sa

Julio Fregadolli doa ao Museu Esportivo de Maringá taça e troféu da Associação Comel

Acompanhado do seu genro Silvio César Crispim, o pioneiro maringaense Julio Fregadolli esteve no Museu Esportivo de Maringá, no dia 9 de outubro de 2018, para a entrega oficial de uma taça e um troféu conquistados pela Associação Comel de Maringá, equipe formada por por ele e que fez grande sucesso em Maringá e no Paraná nos anos 1970 e 1980. A taça é da conquista do Campeonato Amador Estadual - Copa Arizona - Dreher

Zuring, o verdadeiro camisa 10 do Galo do Norte

Nosso amigo do Museu Esportivo de Maringá, Moisés Bispo dos Santos, radialista, morador em Arenápolis-MT, escreve sobre Klinger Ramos, o Zuring, craque do Grêmio Esportivo Maringá na década de 1960.
Fotos: Zuring em 1966, logo após a vitória sobre a União Soviética, e no Museu Esportivo de Maringá, se vendo na histórica foto do time bicampeão paranaense de 1964.

O verdadeiro camisa 10 do

“Quilômetros de papel e rios de tinta imprimem o futebol ao longo dos anos, atravessando gerações. Na era digital, as Imagens avançam pelos céus, rompem todas as fronteiras. As vozes do amor ao futebol ecoam pelo grande campo que é o mundo. Agora, em algum lugar, alguém chuta uma bola. A paixão mais documentada da história não para. O jogo nunca termina.”

(Antonio Roberto de Paula)

 Rua Pioneiro Domingos Salgueiro, 1415- sobreloja - Maringá - Paraná - Brasil

 (44) 99156-1957

Museu Esportivo © 2016 Todos os diretos reservados

Logo Ingá Digital