Últimas Publicações / Jornal do Povo - 17.12.20 - Coluna Cláudio Viola

Sobre a morte, dia 15 de dezembro de 2020, de Oliveira, o Oliveirão, nome histórico do futebol profissional de Maringá e figura querida da Cidade Canção. 

Comentários

Seja o primeiro a comentar.

Enviar Comentário


Outras Publicações

Alcântara, uma máquina de fazer gols

Edson Alcântara e sua esposa Samara. O casal reside em Santo Antônio da Platina. Alcântara é um dos maiores artilheiros da história do futebol paranaense. Em 1991, atuando pelo Sport de Campo Mourão, marcou 31 gols. O registro da Federação Paranaense de Futebol é de 30 gols porque um que ele anotou não foi para a súmula. Em 1991, foi o jogador que mais marcou em todos os campeonatos estaduais do Brasil.

#museu

Gylmar, Bellini e Nilton Santos

O capitão da seleção brasileira, zagueiro Hideraldo Luís Bellini, o goleiro Gylmar dos Santos Neves e o lateral-esquerdo Nilton Santos, com a taça Jules Rimet, campeões mundiais em 1958, na Suécia. Bellini nasceu em  7 de junho de 1930, em Tapira-SP, e faleceu em 20 de março de 2014, em São Paulo; Gylmar nasceu em 22 de agosto de 1930, em Santos-SP, e faleceu em 25 de agosto de 2013, em São Paulo; e

Alaor Capella (25 de setembro de 1933 - 15 de agosto de 2020), autor do primeiro gol oficial do Londrina

Londrina Esporte Clube - NOTA DE FALECIMENTO: ALAOR CAPELLA

O Londrina Esporte Clube lamenta o falecimento do ex-jogador Alaor Capella.

Alaor Capella é o autor do primeiro gol da história do Londrina, em 1956, no empate com o Corinthians de Presidente Prudente, no VGD.

Alaor foi duas vezes campeão do Campeonato do Norte do Paraná, em 1957 e 1959, além de ser o segundo maior artilheiro da história do clube.

O clu

JC Cecílio doa ingresso da Copa 2018, livros, revistas e outros itens ao MEM

O pesquisador José Carlos Cecílio, maringaense atualmente residindo em São Paulo, esteve no Museu Esportivo de Maringá fazendo a doação de um importante material impresso que vai ampliar nossa biblioteca, tornando-a ainda mais representativa. Além de livros e revistas, Cecílio doou um ingresso do jogo Sérvia e Brasil, realizado no dia 27 de junho deste ano, na Rússia, pela Copa do Mundo; uma medalha comemorativa da Cop

“Quilômetros de papel e rios de tinta imprimem o futebol ao longo dos anos, atravessando gerações. Na era digital, as Imagens avançam pelos céus, rompem todas as fronteiras. As vozes do amor ao futebol ecoam pelo grande campo que é o mundo. Agora, em algum lugar, alguém chuta uma bola. A paixão mais documentada da história não para. O jogo nunca termina.”

(Antonio Roberto de Paula)

 Rua Pioneiro Domingos Salgueiro, 1415- sobreloja - Maringá - Paraná - Brasil

 (44) 99156-1957

Museu Esportivo © 2016 Todos os diretos reservados

Logo Ingá Digital