Últimas Publicações / Websérie Paixão Cinquentenária - MEM e Maringá Histórica vão lançar série documental sobre o futebol de Maringá

De Paula, Miguel Fernando e Tilinho vão produzir websérie com dez episódios tendo 100 entrevistados, imagens inéditas de grandes jogos realizados no Willie Davids, áudios originais de transmissões esportivas, fotografias, revistas e jornais antigos.

Em série documental, a história do futebol profissional vai ser contada em vídeo pelo jornalista Antonio Roberto de Paula, o pesquisador Miguel Fernando e o pesquisador de futebol Ortílio Carlos Vieira. O trio se reuniu na última quinta-feira (28) para firmar a parceria entre o Museu Esportivo de Maringá, que tem De Paula como diretor, e o Maringá Histórica, de Miguel Fernando, projeto multimídia de resgate da história da cidade em todas as áreas, por ele criado em 2004. Ortílio Carlos Vieira, o Tilinho, que já foi dirigente esportivo, é considerado o maior estudioso do futebol maringaense, tendo publicado em 2005, em parceria com Reginaldo Lima, o livro “A história do futebol profissional de Maringá”. O grupo está coletando materiais históricos de seus acervos para transformar “Paixão Cinquentenária” em um marco na história do esporte da cidade e do Paraná.

A produção terá dez episódios, que serão disponibilizados na web, abordando o início do profissionalismo do futebol em Maringá desde a primeira tentativa de montagem para este objetivo, no final dos anos 1950, a fundação do Grêmio Esportivo Maringá em 1961, as agremiações criadas ao longo das décadas e atualmente. Os trabalhos começam neste mês de junho e, diante do volume de pesquisas, do farto material e do grande número de entrevistados, a previsão é de que avancem até o primeiro trimestre de 2021. Quanto às exibições, os episódios serão lançados conforme vão sendo finalizados.

Felipe Cosmos, criativo produtor de vídeo e publicitário, da Cosmos Filmes, que realiza trabalhos para o Maringá Histórica, será o responsável pelas filmagens e edição. “Paixão Cinquentenária” terá cerca de 100 entrevistados (ex-jogadores, jogadores, dirigentes, profissionais da imprensa e torcedores), vídeos inéditos de grandes jogos no estádio Willie Davids e de dirigentes e autoridades do Município em eventos esportivos, áudios originais de históricas transmissões esportivas, fotografias, revistas e jornais antigos. “Trata-se de um projeto gratificante, arrojado, que só está sendo possível porque firmarmos a parceria com pessoas apaixonadas pelo esporte e pela história e altamente profissionais”, avalia De Paula. “Vamos compartilhar nossas pesquisas e as raridades obtidas pelo Maringá Histórica para este projeto de forte apelo histórico e popular; é um trabalho desafiador e isso nos motiva”, define Miguel Fernando. “O povo da nossa cidade e da região foi muito feliz com as conquistas dos nossos times. Resgatando essa história, vamos levar emoção a essas pessoas e mostrar às novas gerações que é possível voltar a ser feliz ”, completa Tilinho.

Comentários

Seja o primeiro a comentar.

Enviar Comentário


Outras Publicações

Anos 70

Jogo de futsal entre as seleções de Londrina e Maringá na década de 70. O londrinense Mexicano enfrenta o maringaense Clodemir Carniel, nosso colaborador do Museu Esportivo. (Crédito da foto: Clodemir Carniel) 

Relógio que Ademir Neri Batista ganhou da Claspar em 1983 doado ao Museu Esportivo

Um relógio de parede que Ademir Neri Batista ganhou da Claspar (Empresa Paranaense de Classificação de Produtos), do Governo do Estado do Paraná, agora pertence ao Museu Esportivo, funcionando perfeitamente na sala de recepção.

A bonita peça de madeira doada ao MEM em 25 de agosto de 2019 foi um presente recebido em 1983 por Ademir pelos seus 15 anos trabalhando naquela empresa. Ele explicou que ao completar este período, o fun

Maracanã 70 anos

Amigo do Museu Esportivo de Maringá, Nielsen Elias, fala do Maracanã, onde ele atuou tantas vezes:
"Velho Maracanã, hoje completa 70 anos. Maracanã, peço desculpa! Pois acabaram com a sua história. Você tinha a alma, o cheiro e o choro do goleiro Barbosa, que em 1950, com a seleção brasileira, ficou marcado para sempre na história. Tive a sorte de pisar no seu gramado, que sempre foi mal tratado e marcado pela ca

Histórias que a bola pesada contou

"Histórias que a bola pesada contou" é o resgate dos 50 anos do futsal de Maringá-Paraná.Nas comemorações da Liga de Futsal de Maringá (1971-2011) e do cinquentenário do esporte da bola pesada na Cidade Canção, o jornalista, escritor, poeta e documentarista Antonio Roberto de Paula retrata essa importante página esportiva no documentário "Histórias que a bola pesada contou", reunindo

“Quilômetros de papel e rios de tinta imprimem o futebol ao longo dos anos, atravessando gerações. Na era digital, as Imagens avançam pelos céus, rompem todas as fronteiras. As vozes do amor ao futebol ecoam pelo grande campo que é o mundo. Agora, em algum lugar, alguém chuta uma bola. A paixão mais documentada da história não para. O jogo nunca termina.”

(Antonio Roberto de Paula)

 Rua Pioneiro Domingos Salgueiro, 1415- sobreloja - Maringá - Paraná - Brasil

 (44) 99156-1957

Museu Esportivo © 2016 Todos os diretos reservados

Logo Ingá Digital