Últimas Publicações / Mário Valdovino

Parabéns ao esportista maringaense e corintiano Mário Valdovino, que recentemente completou 92 anos. O senhor Mário, que foi atleta e treinador, é pai do nosso amigo e colaborador do Museu Esportivo, Jair Valdovino, e avô da Roberta Valdovino, também nossa amiga no ME. 

Comentários

Seja o primeiro a comentar.

Enviar Comentário


Outras Publicações

Edeval Zinho, que foi dirigente do Galo Maringá, faz doação de camisas antigas, faixas e flâmulas ao MEM

Maringaense apaixonado por futebol, Edeval Zinho convive com o esporte desde criança, desde os tempos em que seu pai o levava ao estádio Willie Davids no início dos anos 1980. Uma paixão que foi ficando cada vez mais forte a ponto de fazê-lo tornar-se dirigente do Galo Maringá nos anos 2000.
Transcorridos mais de dez anos da extinção do Galo Maringá e depois Galo Adap, Zinho segue fanático pelo clube alvinegro da Cida

Elnio Silveira Pohlmann - Apucarana

Elnio Silveira Pohlmann - Apucarana 

Morre Apucarana, aos 79 anos, dia 28 de fevereiro de 20121 - Empunhando a bandeira da polêmica, do folclore e da temeridade, Elnio Silveira Pohlmann marca seu nome indelevelmente na história do futebol de Maringá, quer queiram, quer não queiram.

Conheci o Apucarana há muitos anos, mas sua fama chegou bem antes para mim. O saudoso Renato Taylor Negrinho o chamava de “Aprendiz de f

Luiz Henrique Roza doa ao MEM camisa e bandeira do Brasil de Pelotas e camisa da Associação Santanense de Futebol de Mesa

Por intermédio do nosso amigo Oswaldo Fabeni de Oliveira, o jogador de futebol de mesa Luiz Henrique Roza, morador em Joinville-SC, doou ao Museu Esportivo de Maringá uma camisa do Grêmio Esportivo Brasil de Pelotas, do Rio Grande do Sul, seu time de coração, e a bandeira do clube. 
Roza, que formalizou a doação através de uma carta assinada em 24 de março deste ano, também destinou ao MEM uma camisa da Academia

Fiori Gigliotti e Ademir da Guia e Maringá

O Divino e Fiori Gigliotti em Maringá - Em 1999, Ademir da Guia, o Divino, considerado do maior jogador da história da Sociedade Esportiva Palmeiras, e Fiori Gigliorri, um dos maiores narradores esportivos do rádio brasileiro, falecido em 2006, aos 77 anos, estiveram na Farmácia Brasília, localizada na praça Sete de Setembro, a praça do Peladão, estabelecimento fundado pelo saudoso Francisco Manzano. Na foto, os grandes ídolos do

“Quilômetros de papel e rios de tinta imprimem o futebol ao longo dos anos, atravessando gerações. Na era digital, as Imagens avançam pelos céus, rompem todas as fronteiras. As vozes do amor ao futebol ecoam pelo grande campo que é o mundo. Agora, em algum lugar, alguém chuta uma bola. A paixão mais documentada da história não para. O jogo nunca termina.”

(Antonio Roberto de Paula)

 Rua Pioneiro Domingos Salgueiro, 1415- sobreloja - Maringá - Paraná - Brasil

 (44) 99156-1957

Museu Esportivo © 2016 Todos os diretos reservados

Logo Ingá Digital