Últimas Publicações / Parabéns Londrina Esporte Clube, 65 anos

Texto de Flávio Frim, do www.bloglondrinense.blogspot.com. 

 Lembro-me de começar a gostar do Londrina Esporte Clube na brilhante Campanha de 1977-1978. Na época, com 10 anos, via a torcida que festejava pelas ruas da Vila Recreio, tremulando suas bandeiras e fazendo buzinaço. Aquilo me chamou a atenção. Já nas peladas com a gurizada, quando estava no gol era o 'Paulo Rogério', quando estava na linha era o 'Carlos Alberto Garcia'. Pouco tempo depois, no início de 79, comecei a ouvir os jogos pelo rádio e anotava os resultados do Londrina num papel de pão. Também gostava de desenhar o time. Ouvia o Jota Mateus pela Rádio Alvorada e também o pessoal da Rádio Paiquerê falando sobre o Londrina. Eu anotava tudo que achava interessante, embora deixasse de mencionar quem marcava o gol contra o time (pôxa,era muito chato ter que marcar isso, eh eh). Acabei perdendo a maioria daqueles primeiros registros, mas ainda consegui guardar alguns. Eram cadernos, primeiramente escritos a mão, depois com informações datilografadas. Ainda em 1979 fui levado pela primeira vez ao Estádio. Não me lembro muita coisa daquela época, mas algo chamava a atenção: o zagueirão Machado, com sua cabeleira ruiva e que 'quebrava' todo mundo que passava na sua frente! Depois veio 1980 com a conquista da Taça de Prata e 1981 com o esperado título de Campeão Paranaense. Até hoje, os meus dois anos preferidos na história do LEC (Impossível rever imagens da época e não se emocionar!). Não perdia um jogo no Estádio do Café e estava sempre nos treinos coletivos no VGD.

             Recordo que numa daquelas tardes no Café, invadi as cativas e fui olhando pras cabines das Rádios pra tentar achar quem era o Jota Mateus (e que já estava na Paiquerê). Quando o vi, pensei: 'Poxa, então esse é cara que fala do Tubarão, legal!'. Tempos depois trabalhei como operador de som na Rádio Paiquerê e alguém da Equipe Total (não me lembro bem ao certo se foi o Mateus ou o Jairo Gomes) viu que eu anotava os jogos do Lec e me deu um livro comemorativo dos 1000 primeiros jogos do Londrina, uma publicação de 1976. Isso foi um baita d´um presente pra quem queria saber mais do Londrina! Acabei fazendo um arquivo de informações e fotos do Londrina até o começo de 1991. Desse tempo na Paiquerê veio meu apelido de Frim, dado pelo saudoso Antonio Miguel - Formigão. Em 96 o Jota Mateus lançou o Livro 'Londrina Esporte Clube - 40 anos' que até hoje leio e releio, relembrando tantos tempos bons (e ruins também, é claro) do nosso 'Tuba' que me ajudou a completar muitas informações que eu não tinha. Apenas recentemente consegui adquirir o livro 'Londrina Esporte Clube - Contado em fatos e fotos' lançado pelo Professor Jefferson de Lima Sobrinho em 2005 que também é muito rico em informações sobre o nosso Tubarão. Curiosamente o autor relata todos os jogos do LEC até o início de 2005 e dá destaque justamente a quem marcou os gols do Londrina, da mesma forma que eu anotava nos meus antigos cadernos. Com esse material em mãos, resolvi então, criar em setembro de 2011 o Blog Londrinense, dedicado ao Londrina, e destacar fatos históricos do Tubarão, curiosidades e informações. A intenção é listar todos os jogos do Tuba e toda semana postaremos algo novo aqui. E você, que é torcedor do nosso querido Londrina, sinta-se à vontade para enviar suas sugestões ou caso tenha material (antigo ou novo) e queira colaborar, será muito importante sua participação! Entre em contato pelo e-mail:  [email protected]

Um Forte abraço!

Flávio Frim

 

Comentários

Seja o primeiro a comentar.

Enviar Comentário


Outras Publicações

Equipes amadoras - Fotos doadas por Miltinho Albano ao Museu Esportivo de Maringá (1)

Equipes amadoras - Fotos doadas por Miltinho Albano ao Museu Esportivo de Maringá. Caso você tenha informações sobre estas fotos (nome dos times, jogadores, ano), entre em contato conosco pelo [email protected] 

 

Milton Albano Gomes, o Miltinho, conta a sua história no futebol                       &nbs

Jornal Correio do Povo, de Tubarão-SC, edição de 4 de novembro de 1967, informa sobre jogo de padres e pastores em Maringá

A descoberta foi do amigo e colaborador do Museu Esportivo de Maringá, José Carlos Cecílio, pesquisador, que atualmente reside e São Paulo. Cecílio, que frequenta livrarias e bibliotecas em busca de informações sobre Maringá e personalidades ligadas ao pioneirismo da cidade, sempre que encontra algo relacionado ao esporte nos envia, além de ser um dos grandes doadores de peças ao MEM.

Nas suas buscas ele enco

Atalaia 5 x 1 Presidente Castelo Branco - Um gol que ficou para a história ocorrido em 1974

O amigo do Museu Esportivo de Maringá, Jair Carvalho, que todos conhecem como Golê, meio-campista que, mesmo aos 64 anos, continua batendo muito bem na redondinha, atuando nos campeonatos do Clube Olímpico de Maringá e defendendo as cores da equipe veteraníssima do Museu Esportivo de Maringá, fez um gol-relâmpago, em 1974, aos 18 anos, quando jogava na equipe amadora do time da cidade de Atalaia, 53 quilômetros de Maringá.

Campeão Lúcio Aurélio doa suas medalhas de conquistas internacionais ao MEM

 Emocionante encontro no MEM reuniu esportistas amigos do lutador.

O lutador Lúcio Aurélio de Freitas Silva, maringaense de 48 anos, esteve no Museu Esportivo de Maringá no 5 de julho de 2019 acompanhado de alunos da sua academia, a Victoria Muay Thai, e de antigos amigos que acompanham a sua carreira, primeiramente no taekwondo e agora no muay thai.

Pentacampeão brasileiro de taekwondo nos anos 1990, período em que foi medalha de br

“Quilômetros de papel e rios de tinta imprimem o futebol ao longo dos anos, atravessando gerações. Na era digital, as Imagens avançam pelos céus, rompem todas as fronteiras. As vozes do amor ao futebol ecoam pelo grande campo que é o mundo. Agora, em algum lugar, alguém chuta uma bola. A paixão mais documentada da história não para. O jogo nunca termina.”

(Antonio Roberto de Paula)

 Rua Pioneiro Domingos Salgueiro, 1415- sobreloja - Maringá - Paraná - Brasil

 (44) 99156-1957

Museu Esportivo © 2016 Todos os diretos reservados

Logo Ingá Digital