Últimas Publicações / Luiz Henrique Roza doa ao MEM camisa e bandeira do Brasil de Pelotas e camisa da Associação Santanense de Futebol de Mesa

Por intermédio do nosso amigo Oswaldo Fabeni de Oliveira, o jogador de futebol de mesa Luiz Henrique Roza, morador em Joinville-SC, doou ao Museu Esportivo de Maringá uma camisa do Grêmio Esportivo Brasil de Pelotas, do Rio Grande do Sul, seu time de coração, e a bandeira do clube. 
Roza, que formalizou a doação através de uma carta assinada em 24 de março deste ano, também destinou ao MEM uma camisa da Academia Santanense de FutMesa - Clube Caixeiral – ACSFM – Futebol de Mesa.
As doações foram entregues por Oswaldo, premiado jogador de futebol de mesa, ou de botão, e pelo outro amigo, Maurício Azanha, grande colaborador do MEM, no dia 6 de dezembro. 'Agradecemos as doações do Luiz Henrique Roza. Desejamos a ele sucesso nas competições de futebol de mesa e sucesso ao seu time, o Brasil de Pelotas. Nosso Museu está localizado em Maringá, mas aceitamos doações de todo o Brasil, de todos os esportes. Também agradecemos ao amigo Oswaldo por divulgar o MEM que, no caso, possibilitou que recebêssemos estas relíquias.' 
#museuesportivodemaringa
#amigosdomuseuesportivo

Comentários

Seja o primeiro a comentar.

Enviar Comentário


Outras Publicações

Lançado o projeto "Era uma vez no esporte" para apoiadores e parceiros do MEM

Na terça-feira, dia 13 de agosto, o Museu Esportivo lançou o projeto denominado “Era uma vez no esporte” exclusivo para seus apoiadores e parceiros. Na estreia, participaram o diretor do MEM, Antonio Roberto de Paula, Nelson Barbosa Junior, Johnny Katayama, Tiago Valencinao, Giovanni Froeming e Carlos Emori Jr, que assistiram transmissões esportivas da década de 1990, seguidas de análises e debates. Os temas foram o título mundial de 1992

Mauro Pires e Aviano

Você se lembra deles?

O nosso amigo do Museu Esportivo de Maringá, parceiraço Aviano Magalhães, morando em São Francisco do Sul-SC, recebeu um velho amigo hoje e mandou mensagem: "Boa tarde velhinhos. recebemos aqui em São Francisco do Sul SC , o meu amigo e irmão Mauro Pires.....está residindo em Nova Petrópolis RS... é Pastor da Igreja Batista...Batemos um futevôlei e ele com prótese ainda mostr

Zenon, craque dos anos 70 e 80, visita Museu Esportivo de Maringá
Time do São Paulo, 1951 - Houve um tempo em que um clube parabenizava o outro pelas conquistas

Depois de perder a Copa do Mundo de 1950, falava-se que o futebol brasileiro tinha morrido. Apesar da decepção no jogo final contra os uruguaios, nossa seleção encantou o mundo nos jogos anteriores. Por isso, no ano seguintes, muitos clubes brasileiros realizaram excursões pelo Velho Mundo. Foi um bom intercâmbio com o futebol europeu mostrando que estávamos bem vivos e que a derrota de 1950 foi uma fatalidade.

Um combinado São

“Quilômetros de papel e rios de tinta imprimem o futebol ao longo dos anos, atravessando gerações. Na era digital, as Imagens avançam pelos céus, rompem todas as fronteiras. As vozes do amor ao futebol ecoam pelo grande campo que é o mundo. Agora, em algum lugar, alguém chuta uma bola. A paixão mais documentada da história não para. O jogo nunca termina.”

(Antonio Roberto de Paula)

 Rua Pioneiro Domingos Salgueiro, 1415- sobreloja - Maringá - Paraná - Brasil

 (44) 99156-1957

Museu Esportivo © 2016 Todos os diretos reservados

Logo Ingá Digital