Últimas Publicações / Luiz Fabretti

O jornlista Luiz Fabretti, apresentador de TV, atuava na TV Maringá-Band, faleceu no dia 9 de março de 2017, aos 51 anos, vítima de um câncer no fígado. Apaixonado por futebol, começou sua carreira no rádio esportivo, atuando como sonoplasta, se tornando repórter e depois migrando para a televisão, tendo se formado em Comunicação Social na Faculdade Maringá. Amigo de longa data do diretor do Museu Esportivo de Maringá, Antonio Roberto de Paula, Fabretti foi um dos grandes apoiadores do nosso projeto de resgate e preservação da memória esportiva, sempre divulgando nossas atividades e promoções. Nos anos 1990 e 2000, era ele quem tratava amistosos do time da imprensa de Maringá e também jogava. Em 2009, ele e De Paula produziram o videodocumentário 'As Lentes de Kenji', sobre o fotógrafo pioneiro de Maringá, Kenji Ueta, que faleceu em 2020. Além do trabalho na Band, Fabretti estava escrevendo uma coluna política no Hoje, jornal já extinto, em 2017, ano em que faleceu.    

 

Release da Prefeitura de Maringá, de 9 de fevereiro de 2009 sobre 'As Lentes de Kenji':

Os jornalistas e produtores do video documentário “As lentes de Kenji”, Antônio Roberto de Paula e Luiz Fabretti visitaram a Prefeitura de Maringá nesta segunda-feira (9) e entregam cópias do trabalho ao Chefe de Gabinete Ulisses Maia. A Prefeitura apóia o trabalho dos jornalistas e irá adquirir 50 cópias que serão distribuídos para as escolas da rede municipal de ensino.
      “As lentes de Kenji” foi lançado e apresentado à população maringaense no dia 16 de dezembro de 2008, no Plenário da Câmara, com a presença de mais de 250 pessoas.
      Com apoio cultural da Sanepar, Amusep e UEM, o video documentário homenageia o fotógrafo Kenji Ueta, 81 anos, que chegou ao Paraná em 1951, se fixando em Maringá. O vídeo documentário narra a saga de Kenji e sua família desde o Japão, a viagem no Navio Santos Maru, a vinda ao Brasil, em 1933, o trabalho nas fazendas paulistas, o início da carreira como fotógrafo junto com os irmãos e a chegada em Maringá, quando a cidade ainda dava os primeiros passos.

Comentários

Seja o primeiro a comentar.

Enviar Comentário


Outras Publicações

Diretor do MEM, Antonio Roberto de Paula, na ACIM

O diretor do Museu Esportivo, Antonio Roberto de Paula, esteve ontem (22) na ACIM falando sobre o MEM durante reunião do Conselho de Administração da entidade. "Agradeço o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Maringá, Michel Felipe Soares, o vice-presidente para assuntos de esportes Paulo Lima, os diretores e conselheiros pela oportunidade de falar sobre o nosso projeto de resgate e preservação da histór

Navarro Mansur, o dirigente presente nas maiores glórias do futebol maringaense

Navarro Mansur (Domingos José Mansur) faleceu em junho de 2015, aos 87 anos.

Navarro Mansur começou no futebol na década de 1950, sendo presidente do Botafogo, equipe amadora de Curitiba, bairro Mercês. A sua vinda a Maringá aconteceu nos anos 1960, quando foi trazido por seu irmão Enéias para trabalhar numa cerealista. Navarro foi um dos fundadores do Grêmio esportivo Maringá, em 1961, foi vice-presidente e depoi

Edgard Belisário, o histórico artilheiro do Grêmio Esportivo Maringá, no Museu Esportivo neste sábado (22)

O ídolo da época de ouro do futebol de Maringá no MEM. O Museu Esportivo de Maringá recebe neste sábado (22) o maior artilheiro da história do futebol profissional da cidade, nome histórico do grande Grêmio Esportivo Maringá, emérito artilheiro, dono de uma capacidade impressionante de fazer gols em qualquer espaço na grande área, tanto de pé direito, esquerdo ou de cabeça: Edgard Belisário

O início do futebol amador em Itambé-PR

Informações e fotos do blog de Denizia Moresqui (www.deniziamoresqui.blogspot.com).

 De acordo com Vera Eloísa de Melo Assis, o primeiro campo de futebol do Distrito de Itambé foi feito num terreno doado por João Cortez Cappel na esquina das Ruas Dr. Lafayette Grenier com a Rua Luiz Lopes. Vera diz que as crianças brincavam muito neste campo. Mais tarde, Cortez decidiu lotear este terreno e doou outro, ao lado do cemitério, para

“Quilômetros de papel e rios de tinta imprimem o futebol ao longo dos anos, atravessando gerações. Na era digital, as Imagens avançam pelos céus, rompem todas as fronteiras. As vozes do amor ao futebol ecoam pelo grande campo que é o mundo. Agora, em algum lugar, alguém chuta uma bola. A paixão mais documentada da história não para. O jogo nunca termina.”

(Antonio Roberto de Paula)

 Rua Pioneiro Domingos Salgueiro, 1415- sobreloja - Maringá - Paraná - Brasil

 (44) 99156-1957

Museu Esportivo © 2016 Todos os diretos reservados

Logo Ingá Digital